Bloco Colectividades em Luta no 30 de Setembro
Bloco Colectividades em Luta no 30 de Setembro
9 months ago
Alameda Dom Afonso Henriques
Alameda Dom Afonso Henriques nº 31 Relvado

https://www.facebook.com/events/3305997533031510/

No dia 30 de Setembro, unimo-nos à manifestação 𝐂𝐚𝐬𝐚 𝐏𝐚𝐫𝐚 𝐕𝐢𝐯𝐞𝐫, 𝐏𝐥𝐚𝐧𝐞𝐭𝐚 𝐏𝐚𝐫𝐚 𝐇𝐚𝐛𝐢𝐭𝐚𝐫 (https://www.casaparaviver.pt/) e convidamos todas as 𝐜𝐨𝐥𝐞𝐜𝐭𝐢𝐯𝐢𝐝𝐚𝐝𝐞𝐬, 𝐚𝐬𝐬𝐨𝐜𝐢𝐚𝐜̧𝐨̃𝐞𝐬, 𝐜𝐨𝐨𝐩𝐞𝐫𝐚𝐭𝐢𝐯𝐚𝐬 𝐞 𝐞𝐬𝐩𝐚𝐜̧𝐨𝐬 𝐬𝐨𝐜𝐢𝐚𝐢𝐬 𝐬𝐞𝐦 𝐟𝐢𝐧𝐬 𝐥𝐮𝐜𝐫𝐚𝐭𝐢𝐯𝐨𝐬 para irmos juntas neste dia, porque, como tão bem sabemos, também as colectividades estão em risco e em luta constante.

Nos nossos espaços cabem o convívio, a recreação, o encontro, o debate, o desporto, a cultura, a conspiração, o apoio mútuo, a cooperação, a comunidade, a iniciativa popular, a organização colectiva. Tudo isto é posto em risco com as crescentes ameaças de despejo que enfrentamos, as pressões da especulação imobiliária e dos interesses financeiros. Muitos dos nossos espaços já fecharam portas; outros tantos vivem com a corda ao pescoço (e somos cada vez mais). Outros colectivos gostariam de ter espaço próprio, e não conseguem.

Acreditamos que são as colectividades, enquanto espaços não-comerciais, que nos permitem respirar um pouco mais livremente nesta cidade. E se nos juntarmos somos mais fortes!

No seguimento da histórica manifestação de 1 de Abril deste ano, reforçamos o apelo para integrar o bloco Colectividades em Luta e dar visibilidade às nossas reivindicações comuns. Embora plurais, unimo-nos numa só luta: que os nossos espaços tenham lugar nas nossas cidades.

𝐏𝐨𝐧𝐭𝐨 𝐝𝐞 𝐞𝐧𝐜𝐨𝐧𝐭𝐫𝐨:
30 de Setembro, às 14h45, na Alameda
(Alameda Dom Afonso Henriques, nº 31, no relvado)

>> Vamos aproveitar este encontro informal para conversar e conspirar: perceber que locais estão em risco de despejo, quais são as estratégias de resistência possíveis, como colaborar no futuro próximo.

>> Tragam os vossos cartazes, faixas ou bandeiras que identifiquem os vossos espaços/associações.

— — — — —
Não hesitem em partilhar o comunicado:

𝐀 𝐜𝐚𝐬𝐚 𝐞́ 𝐚 𝐛𝐚𝐬𝐞, 𝐦𝐚𝐬 𝐯𝐢𝐯𝐞𝐫 𝐧𝐚̃𝐨 𝐞́ 𝐬𝐨́ 𝐜𝐚𝐬𝐚!
𝐂𝐨𝐥𝐞𝐜𝐭𝐢𝐯𝐢𝐝𝐚𝐝𝐞𝐬 𝐞𝐦 𝐥𝐮𝐭𝐚

Colectividades, associações, cooperativas e espaços sociais sem fins lucrativos unem-se à luta essencial pela habitação e acrescentam: nem só de casa se faz a vida.

Nos nossos espaços cabem o convívio, a recreação, o encontro, o debate, o desporto, a cultura, a conspiração, o apoio mútuo, a cooperação, a comunidade, a iniciativa popular, a organização colectiva. Tudo isto é posto em risco com as crescentes ameaças de despejo que enfrentamos, as pressões da especulação imobiliária e dos interesses financeiros. Muitos dos nossos espaços já fecharam portas; outros tanto vivem com a corda ao pescoço.

Rejeitamos a cidade-gourmet. Rejeitamos a cidade morta, vigiada, normalizada. Queremos muito mais: queremos cidades vivas, habitadas por espaços populares onde pomos em prática os nossos desejos, onde cabe muita gente, onde experimentamos em conjunto, onde outros mundos surgem, onde não temos de pagar para simplesmente estar. Cidades acolhedoras, multiculturais, insubmissas, lugares de prazer e de luta. Cidades vividas e não vendidas. Por tudo isto, unimo-nos para que os nossos espaços tenham lugar nas nossas cidades.

Por isso, dia 30 de Setembro, voltamos a sair à rua na Manifestação Casa Para Viver, Planeta Para Habitar (https://www.casaparaviver.pt/), unidas no bloco Colectividades em Luta.

Apelamos a todas as associações, cooperativas, colectividades, espaços sociais sem fins lucrativos que se identifiquem com esta luta para que venham ao nosso encontro, para marcharmos juntas atrás da mesma faixa. Tragam também as vossas bandeiras, estandartes, faixas e pancartas que identifiquem a vossa colectividade e as suas batalhas específicas. Unimo-nos na nossa pluralidade.

Dia 30 de Setembro em Lisboa, às 14h45, na Alameda - junta-te ao bloco das Colectividades am Luta!