Não há paz até ao último Inverno do Gás
Não há paz até ao último Inverno do Gás
3 months ago
Portugal
Portugal

Nascemos em crise climática. Não conseguimos ver nada senão as chamas de ter de viver no caos climático: sem planeta, sem casa, sem emprego, sem estabilidade, sem dinheiro.
Estudar para um futuro que não existe?

🔥 Recusamo-nos a continuar a fingir que está tudo bem e estamos determinadas a lutar.

A partir de 13 Novembro de 2023, nós, estudantes de todo o mundo, criaremos uma onda de ações estudantil para reivindicar o único plano realista para evitar o inferno climático:
🔈fim ao fóssil até 2030!
🔈eletricidade 100% renovável e acessível até 2025!

Este - é o último inverno de gás - no país.

Convocamos a força estudantil para ocupar não só as nossas escolas e universidades, mas também disromper instituições e processos governamentais até que as reivindicações sejam cumpridas.

Convocamos todas as estudantes a não darem paz ao governo até haver um compromisso com o fim ao fóssil até 2030

As ocupações representam o mundo que queremos construir não só porque são espaços onde a vida, a solidariedade e a aprendizagem estão no centro, mas também porque são um ensaio: se os governos e as instituições não tomarem ação pela crise climática, nós vamos tomar as escolas e os ministérios para tratar disso nós mesmos.

O ano passado sacrificámos o nosso direito à educação para salvaguardar o direito à vida. Mesmo após as cheias, os fogos e as ondas de calor, o governo continua a não estar em emergência climática.

Nós sabemos que é possível mudar. Por isso mesmo, a nossa raiva e coragem para agir de forma permanente aumenta à medida que a crise climática se agrava e as instituições continuam a falhar. Já muitos movimentos estudantis transformaram as sociedades. Hoje, é a nossa vez. Vamos mudar tudo, antes que tudo mude por nós.

Precisamos de uma transição energética justa compatível com os prazos da ciência.

O governo não ter vai paz até este ser o último inverno de gás! Estás connosco? Queres agir connosco? Vai à linktree na bio e preenche o formulário para entrarmos em contacto contigo.

E em breve hás de encontrar estes cartazes na rua 😉