Hospitalidade AntiFascista - Não Passarão
Hospitalidade AntiFascista - Não Passarão
9 months ago
Largo Camões
Largo Camões, Lisboa

Comunicado De Imprensa: 13 DE MAIO: PROTESTO ANTIFASCISTA EM LISBOA

No próximo dia 13 de maio, a Rede Unitária Antifascista e vários coletivos antifascistas de todo o país, assim como a Rede 8 de março e o Observatório de Violência Obstétrica, a Greve Climática Estudantil do Porto e o Coletivo Marxista, irão realizar uma concentração antifascista “Contra a Normalização da Extrema-Direita”, no Largo Camões, em Lisboa, às 15 horasNo próximo dia 13 de maio, a Rede Unitária Antifascista e vários coletivos antifascistas de todo o país, assim como a Rede 8 de março e o Observatório de Violência Obstétrica, a Greve Climática Estudantil do Porto e o Coletivo Marxista, irão realizar uma concentração antifascista “Contra a Normalização da Extrema-Direita”, no Largo Camões, em Lisboa, às 15 horas e “apelam à participação popular para ocupar as ruas de Lisboa”, “em resposta ao vergonhoso encontro internacional entre dirigentes da extrema-direita”, que dizem ser “mais uma tentativa de André Ventura de se fortalecer politicamente e de estreitar os seus laços com os dirigentes reacionários do resto do mundo”.

O manifesto refere ainda que “entre os convidados que já confirmaram a presença neste encontro está Jair Bolsonaro, ex-presidente do Brasil e responsável por uma tentativa de golpe de estado em Janeiro deste ano; Matteo Salvini, atual vice-primeiro ministro italiano, que tem nas mãos o sangue de centenas de pessoas que morreram a tentar atravessar o mediterrâneo;” e que estes “indivíduos e a política que têm aplicado são um completo assalto à dignidade humana e uma oposição total à construção de um mundo mais solidário e inclusivo. O seu projeto é o ataque a todas as conquistas alcançadas pelo povo. Querem agravar o desinvestimento público, acelerar o caos climático, eliminar os direitos dos trabalhadores e dos seus sindicatos, bem como recuar nos direitos e conquistas das populações racializadas, migrantes, LGBTQIA+. Em suma, querem uma sociedade completamente escravizada pelos mais ricos e poderosos, a caminho do colapso social e ambiental”.

Os coletivos terminam com um apelo “a todas as forças políticas de esquerda, a todos os coletivos e a todas pessoas a título individual que estejam contra o crescimento da extrema-direita a juntarem-se a nós neste fim-de-semana”.

Para ler o manifesto completo e ficar a par de mais actualizações, consultem o site antifascistas.pt

Não passarão!

Coletivos assinantes:

Rede Unitária Antifascista

Rede 8 de Março

Observatório de Violência Obstétrica .

Núcleo Antifascista do Porto

Núcleo Antifascista de Braga

Núcleo Antifascista de Bragança

Núcleo Antifascista de Barcelos

Brigada Catarina Eufémia de Lisboa

Brigada Fernanda Mateus de Coimbra

Greve Climática Estudantil Porto

Coletivo Marxista